A paisagem estabelece uma relação peculiar com a cultura brasileira: a imaginação nela desenhou sinais e índices de identidade, como marcas do tenso diálogo entre a racionalidade hegemônica e a expressão do particular. Articulador desse diálogo, o intelectual procura ler nos sertões, rios e florestas os fragmentos cristalizados de memória cultural que, como ruínas, agem, simultaneamente, sobre o cotidiano dos homens brasileiros e sobre a tarefa do intérprete da cultura.

 

____________________________________________________________

Paisagem e identidade: rede de imagens / Paisaje e identidad: red de imágenes

por Carmem Lúcia Negreiros de Figueiredo

 

bibliográficas

Alencar, J. de. Cartas sobre a Confederação dos Tamoios. Ensaios. Obra completa.

Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1960, v. 4.

Alencar, José de. “Cartas sobre a Confederação dos Tamoios”.In: Coutinho, Afrânio, org.; Caminhos do pensamento crítico . Rio de Janeiro: Pallas; Brasília: INL, 1980, p.98.

Andrade, Carlos Drummond de. Paisagem: como se faz. As impurezas do branco.

Poesia e prosa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1983.

Bonfim, Manuel. A América Latina: males de origem. 2 a .ed.Rio de Janeiro:A Noite, 1939.

Caminha, Pero Vaz de. Carta a El-Rey D. Manuel. 2ª. ed. Rio de Janeiro, Agir, 1977.

Candido, Antonio. Literatura de dois gumes. A educação pela noite e outros ensaios. São Paulo, Ática, 1987.

Cunha, Euclides da. Contrastes e confrontos. Obra completa .Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1995 a .

Cunha, Euclides da. À margem da história. Obra completa .Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1995 b.

Lima Barreto, Afonso Henriques de. Triste fim de Policarpo Quaresma. Obras de Lima Barreto. São Paulo, Brasiliense, 1956 a .

Lima Barreto, Afonso Henriques de. Vida e morte de M. J. Gonzaga de Sá. Obras de Lima Barreto. São Paulo, Brasiliense, 1956 b.

Lobato, Monteiro. Urupês. São Paulo, Brasiliense, 1967.

Mitchell, W.J.T. Landscape and power. Chicago and London : University of Chicago Press,1994. Obra crítica de Araripe Jr. Organização de Afrânio Coutinho. Rio de Janeiro:Mec/Casa de Rui Barbosa, 1958, vol II.

Paz, Octavio. Signos em rotação . São Paulo , Perspectiva, 1992.

Ramos, Graciliano. Os amigos de Machado de Assis. Linhas tortas: obra póstuma.11 a . ed. Rio de Janeiro, São Paulo: Record, 1984.

Rosa, João Guimarães. Grande sertão: veredas. 13 a . ed. Rio de Janeiro, José Olympio, 1979.

Santos, Milton. Por uma geografia nova. Da crítica da geografia a uma geografia crítica. São Paulo : Edusp, 2002.

Sodré, Nelson W. O naturalismo no Brasil. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1965.

1 - 2 - BIBLIOGRAFÍA

 

home / página 3 de 3
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________
contacto | quiénes somos | colaboraciones | legal | libro de visitas | enlaces | © el hablador, 2003-2005 | ISSN: 1729-1763
:: Hosting provisto porHosting Peru ::
Hosting